Blog do seguro

  • Register

Posts tagged "cotação"

Franquias para Seguros de Automóveis. Veja como funciona

Por definição franquia é uma parcela do valor total do prejuízo, que pode ser uma participação financeira ou período mínimo de tempo para ter direito à cobertura. Em outras palavras, é a partir da franquia que a seguradora poderá pagar a indenização à você. Lembre-se que algumas coberturas preveem a franquia ou outras não.

Ter um seguro de automóvel previne contra gastos inesperados caso você bata no veículo de alguém. Isso porque todo seguro cobre um valor máximo para carros de terceiro, que você pode acionar sem pagar nada. No entanto, para usar a cobertura no conserto do próprio carro, será cobrada uma taxa chamada de franquia.

Na contratação de Coberturas sobre Vidros, Retrovisores e Faróis também há uma valor de franquia que é cobrada pelas seguradoras quando da troca destes itens por algum tipo de sinistro. Normalmente sem esta cobertura a troca destes itens não será coberta pelo seu seguro.

 

Como funciona a cobrança da Franquia

O pagamento da franquia é um é um valor obrigatório que o seguro cobra para consertar o seu carro. Se você escolheu uma franquia de mil reais, por exemplo, a empresa paga somente os consertos que custam mais do que isso. Então, caso se envolva em um acidente, faça o orçamento em algumas oficinas para descobrir se poderá usar a franquia ou não.

Por exemplo: A franquia contratada é de R$ 1.500,00 (Mil e quinhentos reais), e você bate o carro e leva o veículo para uma das oficinas indicadas para a execução dos serviços. Supondo que o orçamento fique em R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais), você terá que pagar R$ 1.000,00 (mil reais) para a seguradora, que é a franquia, enquanto o restante será um custo dela.

 

Tipos de Franquias

Na hora de pedir cotações dos seguros, você precisa escolher o tipo de franquia. Normalmente a mais indicada é a reduzida, mas sempre isso deve ficar a critério do segurado na hora de decidir a contratação, mas procure comparar as propostas, pois essa escolha faz com que o preço do seguro mude muito.

 

Normal: você paga menos no seguro e deixa a franquia com um valor maior. Nesse caso, só conseguirá acionar a seguradora apenas em batidas que provocam danos maiores – justamente porque o valor da franquia é maior.

 

Reduzida: Indicada para quem acredita que vai usar o seguro com frequência. Na reduzida, o valor cobrado pela seguradora será menor para poder acionar o seguro mais vezes.

 

Majorada: Custa o dobro da franquia normal e, por esse motivo, deixa o seguro bem mais barato. Normalmente, só consegue ser acionada quando o acidente é grave justamente por causa do valor da franquia.

 

Situações em que o segurado não paga Franquia

O segurado não paga a franquia no caso de Perda Total.

Existem duas situações que são consideradas  perda total :

ü                    - Se roubarem seu veículo, e ele não for encontrado.

ü                    - Se acontecer um acidente que estrague o carro a ponto de não ter mais recuperação, como acontece em incêndios ou batidas graves. 

Em ambos os casos as seguradoras são obrigadas a devolver o valor do seu carro sem cobrar o pagamento da franquia.

Fique atento! A seguradora só considera perda total quando o valor do conserto é igual ou maior do que 75% do preço do seu carro no mercado.

 

Outra situação em que você não paga a franquia acontece quando você aciona o seguro para consertar somente o carro de um terceiro – desde que o serviço não ultrapasse o valor definido em contrato para coberturas desse tipo (Danos Materiais).

 

Consulte hoje mesmo nossa Corretora de Seguros e faça uma Cotação de Seguro

A diferença entre Seguro do Condomínio x Seguro do Apartamento

Um dos motivos mais comentados entre aqueles que optam por morar em um apartamento é a segurança. Estar dentro de um condomínio, com estrutura, vigilância e espaços de lazer e ginástica, por exemplo, que permitem a prática de diversas atividades sem precisar sair de casa é um grande benefício, principalmente nas grandes cidades.

Além disso, ao morar em uma unidade residencial dentro de um condomínio, é possível utilizar a cobertura do seguro dentro do próprio apartamento, certo? Nem sempre. Para garantir a proteção dos seus bens e da sua família é preciso entender a diferença entre o seguro residencial do seu apartamento e o seguro do condomínio. Calma, nós vamos te ajudar!

Seguro Condomínio

Primeiro é importante que você saiba o que contempla o seguro condomínio. Então vamos lá: cobertura contra incêndio, queda de raio, explosão, queda de aeronaves e fumaça.

Este tipo de seguro também garante a indenização de danos a veículos causados por portões automáticos e queda de objetos (responsabilidade civil guarda de veículos de terceiros + portões automáticos); indenização de responsabilidade civil danos morais (decorrentes de sinistro amparado pela cobertura de responsabilidade civil e síndico – que prevê reembolso das quantias pelas quais o síndico vier a ser responsável, no caso de causar danos a terceiros) e cobertura para fachadas externas envidraçadas, caso algum reparo seja necessário.

Seguro Residencial

Já o seguro residencial oferece um leque bem mais amplo de coberturas. Contempla também o seguro contra incêndios, queda de raio, explosão e implosão. Além disso, caso a sua residência sofra danos devido aos acidentes mencionados, o seguro se responsabilizará pelo pagamento de aluguel durante a reconstrução do imóvel danificado. A apólice do seguro residencial prevê também os seguros adicionais de responsabilidade civil que, apesar de sua extrema importância, nem sempre são levados em consideração no momento da contratação.

Ou seja, se alguém for prejudicado involuntariamente por você ou por algum membro da sua família, este seguro garante que pelo menos o seu orçamento sairá ileso! Em situações difíceis, principalmente quando outras pessoas estão envolvidas, faz toda a diferença poder contar com o amparo do seguro de responsabilidade civil.

Agora que explicamos as diferenças entre os seguros, sabemos que ainda ficou uma pergunta: alguma cobertura do seguro condomínio pode ser utilizada pelos moradores em seu apartamento? Sim, mas é preciso estar atento às restrições. Algumas coberturas podem ser contratadas adicionalmente, como: incêndio, queda de raio, explosão, queda de aeronaves e fumaça; roubo/furto qualificado.

Entretanto, vale ressaltar que o limite contratado para as coberturas adicionais destinadas aos condôminos, em determinadas situações, pode não ser suficiente para ressarcir o prejuízo relativo às perdas e danos em sua residência (o limite máximo de indenização desta cobertura é único para todas as unidades autônomas).

Sendo assim, antes de optar entre os adicionais para condôminos ou pelo seguro residencial, é muito importante levar em consideração os benefícios oferecidos por ambos e avaliar cuidadosamente o limite máximo de indenização de cada um deles.

Ao contratar o seguro para sua casa ou apartamento, por exemplo, você poderá usufruir também dos serviços de assistência 24 horas garantidos pela apólice, como chaveiro e desentupimento, e ainda contará com algumas exclusividades:

Ø  Flexibilidade na contratação: escolher apenas as coberturas necessárias;

Ø  Rapidez na indenização dos prejuízos;

Ø  O segurado define a data de pagamento das parcelas;

Ø  Inspeção de risco rápida e eficaz;

Ø  Indenização do valor de novo nos prejuízos; Atendimento personalizado, sempre à disposição para tirar dúvidas.

O seguro condomínio com adicionais para condôminos pode ser uma boa opção, mas o único que garante a cobertura total dos seus bens e assistência em tempo integral é o seguro residencial.

Seguro é coisa séria, principalmente quando estamos falando sobre a segurança de nossos bens mais valiosos: família e lar. Por isso, não tome decisões precipitadas e pesquise bem antes de contratar para não ter surpresas desagradáveis no futuro.

Solicite uma cotação gratuita agora mesmo :Cotação Seguro Residencial

 

Dicas Extraídas do Site da Seguradora Yasuda-Maritima

 

Veja mais em :  Seguro do Apartamento x Seguro do Condomínio: qual a diferença?

 

 

Coberturas de um Seguro Residencial

É claro que você já deve saber para que serve um seguro residencial: para manter sua casa protegida contra roubos, furtos, incêndio e etc. Mas o que você talvez ainda não saiba é que um seguro de casa oferece muitos outros benefícios e serviços! 

Confira aqui mais sobre as coberturas oferecidas por um seguro residencial e veja como combiná-las para garantir mais tranquilidade para você e para quem você mais gosta!

Coberturas básicas

São as coberturas que você já tem ao contratar a modalidade básica de um seguro para sua casa.

Ø  Incêndio por qualquer tipo de causa, exceto em caso de incêndio doloso (que é provocado intencionalmente);

Ø  Queda de raio que possa danificar quaisquer bens que estejam inclusos no seguro, desde que ocorrida dentro da área do terreno ou edifício onde estiverem localizados os bens segurados;

Ø  Explosão de qualquer natureza ou origem

Coberturas adicionais

Para manter seu lar ainda mais protegido e seguro, você também pode contratar algumas coberturas adicionais:

Ø  Danos elétricos, eletrônicos e provocados por curto circuito;

Ø  Quaisquer fenômenos da natureza, como vendavais, furacões, tornados, ciclones ou granizo, além de queda de aeronaves e quaisquer outros engenhos aéreos ou espaciais que possam causar danos — além ainda de danos causados por impacto de veículo e fumaça;

Ø  Quebra de vidros, espelhos, mármores e granitos (exceto piso), instalados no local da residência;

Ø  Desmoronamento, seja total ou parcial;

Ø  Roubo ou furto qualificado;

Ø  Responsabilidade civil familiar, que garante indenização em caso de danos involuntários, materiais ou corporais causados a terceiros por membros da família.

Ø  Responsabilidade civil por danos morais causados a terceiros por algum membro da família;

Ø  Responsabilidade civil na prática de esportes de qualquer modalidade, o que garante pagamento de indenização em caso de danos físicos ou morais causados a terceiros durante a prática de esportes;

Ø  Responsabilidade civil em relação a empregados domésticos. Essa cobertura garante pagamento de indenização em caso de acidente de trabalho, morte ou invalidez ocorrida ao empregado durante o desempenho de suas atividades.

Ø  Perda de aluguel ou pagamento de aluguel no caso de a família precisar deixar a casa para reparos em caso de incêndio, queda de raio ou explosão (cobertura básica).

Escolha as coberturas e garanta o melhor para sua família

Se tem algo que é realmente importante em qualquer lar, e para qualquer família, é poder se sentir seguro e protegido, aconteça o que acontecer. É por isso que uma combinação entre coberturas básicas e adicionais na hora de contratar um seguro residencial, sem dúvida, é a melhor opção para ficar livre de dores de cabeça no futuro.

Para quem mora em apartamento, por exemplo, a combinação da cobertura básica com a adicional de responsabilidade civil, garante no caso de um vazamento do seu banheiro para o do vizinho de baixo, o ressarcimento de eventuais gastos de manutenção e correção do problema do local afetado. Já para quem conta com a ajuda de uma empregada doméstica em casa, caso aconteça algum acidente com ela, uma queda de escada ou um escorregão no piso molhado que resulte em incapacidade total ou parcial de exercer a função, em que se possa ser civilmente condenado a pagar alguma quantia em decorrência de sentença judicial. Esse valor a ser pago, desde que esteja dentro do limite da cobertura adicional de responsabilidade civil empregado doméstico, também poderá ser ressarcido.

O ideal é sempre contar com um corretor de sua confiança para analisar quais as coberturas adicionais são mais indicadas de acordo com o seu perfil e região de residência. Com uma abrangência muito maior dos possíveis riscos e acidentes, você garante mais tranquilidade para sua família e uma casa bem mais segura

Solicite uma cotação gratuita agora mesmo Cotação Seguro Residencial

Dicas Extraídas do Site da Seguradora Yasuda-Maritima

 

 

Veja mais em :  Conheça as Coberturas do Seguro Residencial

Dicas para escolher um Seguro Residencial

Conheça suas necessidades.

seguro residencial oferece diversas coberturas, justamente para atender as necessidades específicas de cada segurado. É possível personalizá-lo da forma que desejar! Por exemplo, se a sua residência estiver localizada numa região onde houver rios, córregos e bueiros de concentração de esgoto, entre outras variáveis que envolvam o risco de ocorrer inundação ou alagamento, seria interessante contratar a cobertura de Alagamento e Inundação.

Essa é uma das diversas situações que precisam ser consideradas para ajudá-lo a escolher as coberturas mais adequadas para o seu imóvel. Aproveite para relembrar algumas das garantias oferecidas pelo seguro residencial: 5 coisas que você não sabia sobre a segurança dos seus bens.

Faça a melhor combinação entre as coberturas

Ao contratar um seguro residencial, algumas coberturas, conhecidas como básicas, já estarão presentes na sua apólice.São elas: incêndio; queda de raio que danifique diretamente os bens segurados; explosão e implosão de qualquer natureza e origem. Mas então, o que queremos dizer quando falamos de personalização? Estamos falando das coberturas adicionais. São elas que, quando combinadas às básicas, tornam o seu seguro único e mais adequado às suas necessidades. Para ficar mais claro, vamos citar algumas situações:

Ø    Se você mora numa região com alta incidência de furtos e roubos, é possível contratar, junto à cobertura básica, a adicional de Roubo/Furto qualificado 

Ø       Se em sua residência trabalha uma empregada doméstica, é uma boa opção contratar os adicionais de Responsabilidade Civil Familiar, Responsabilidade Civil Empregado Doméstico, Fidelidade de Empregados Domésticos, Danos Elétrico-Eletrônicos – curto circuito.

Ø    Se você possui animais de estimação, seria interessante avaliar a contratação do seguro de Responsabilidade Civil Familiar. 

Seguradora : experiência e credibilidade no mercado

Este é um fator de extrema importância. Ao escolher a seguradora, leve em consideração a sua posição no mercado, se é confiável e reconhecida

Entenda a sua apólice de seguro

É fundamental ler a apólice do seguro cuidadosamente. Só assim você saberá exatamente o que está sendo contratado. Esse é o momento de solucionar todas as suas dúvidas e de entender tudo o que foi acordado com a seguradora. Conte com a importante ajuda do seu corretor de seguros para essa tarefa.

Fique atento aos dados contidos na apólice: dados cadastrais, dados do risco, relação das coberturas contratadas, valor das I.S (importâncias seguradas), franquias e/ou participações obrigatória do segurado, condições de pagamento e data de vigência.

Procure um corretor de confiança

O corretor vai te ajudar a adequar a contratação do seguro da sua casa de acordo com suas principais necessidades. Certifique-se de que o profissional escolhido é credenciado pela Superintendência de Seguros Privados (Susep).

Escolha a melhor seguradora

Faça uma pesquisa aprofundada e procure verificar quais as coberturas adicionais e serviços diferenciados que a seguradora oferece. Informe-se antes de tomar uma decisão.

Solicite uma cotação gratuita agora mesmo Cotação Seguro Residencial

Dicas Extraídas do site da Seguradora Yasuda-Maritima 

Veja mais em : 6 dicas de como escolher um seguro residencial 

Inscrição para receber Artigos

Subscribe to e-goi

Calendario

Janeiro 2018
D S T Q Q S S
« Ago 2015
1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31

Matriz

Vera Grecco Corretora da Seguros

<script><script>  (function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){  (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o),  m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m)  })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga');
  ga('create', 'UA-85284001-1', 'auto');  ga('send', 'pageview');
</script>